sábado, 31 de janeiro de 2015

The Ventures - More (1963)



Versão brasileira do álbum Let's Go, lançada pelo selo RCA Victor, em 1963. Além do título, a ordem das faixas também foi alterada. 

Este foi o primeiro disco que comprei na minha vida, quando tinha de 10 para 11 anos de idade, em 1967, na loja Carlos Saraiva em Ituiutaba (MG). Além do valor sentimental, este disco representa a importância do trabalho em minha formação, pois foi adquirido com o meu primeiro "salário".
  
Um vizinho nosso, Sr. Castanheira, adquiriu a carga de 3 caminhões carregados de marmelo, que eram acondicionados em jacás. Por se tratar de produto perecível e com medo de ficar no prejuízo, ele vendeu quase tudo "fiado", apenas com notas "brancas" assinadas pelos compradores. 
Fui então convidado por ele a efetuar o recebimento destas notas, levando aproximadamente 60 dias para a conclusão do serviço. Foi o meu primeiro "trabalho".

Sei que alguns, ao lerem estas linhas, ficarão curiosos para saber o que levaria um "moleque" a comprar um disco instrumental, mas a resposta é simples.  O meu irmão, José Márcio, tocava em um "conjunto" de uma escola - Instituto Marden - chamado "Os Mardenienses", cujo repertório incluía várias músicas do disco "The Ventures - Fabulosos".  Aí começou a minha paixão pela música dos "The Ventures".

Tracklist: 

01 - More
02 - Memphis
03 - Let's Go
04 - El Watusi
05 - Walk Right In
06 - Sukiyaki
07 - New Orleans
08 - So Fine
09 - Wipe Out
10 - Hot Pastrami
11 - Runaway
12 - Over The Mountain Across The Sea

Bitrate: 320 kbps
Quality: Very High
Size: 70,2 mb

16 comentários:

Luiz Alberto Gomes (bugrim) disse...

https://mega.co.nz/#!HpIw3YSJ!ON123uXvsfwqV41s5rEtBKt0brbdypLYNpFdUxEzm7A


senha: bugrim231156

Ramiro Ribeiro disse...

Bugrim, melhor que o disco postado foi a história que você contou, um fragmento da história da sua vida. Essas rápidas linhas me emocionaram profundamente, eu conheço o que é um jacá e conheci as lojas "Carlos Saraiva" (posteriormente MIG - até seu fechamento) e sei principalmente o que é começar a trabalhar nessa idade. Obrigado por ter partilhado isso conosco. ABRAÇOS.

GOLD WEB RADIO disse...

Entendo o valor deste disco para você, pois sinto a mesma emoção quando ouço Christie - Yellow River e Os Incriveis - Eu Te Amo Meu Brasil, os dois primeiros discos que comprei na minha vida. Dois compactos simples, pois Lp era muito caro na época o dinheiro que ganhei também foi de um trabalho extra que fiz, quando tinha meus 16 anos. Parabéns pela postagem e pela história de parte da sua vida.
É isso que acho maravilhoso na música: o poder que ela tem de nos fazer viajar no tempo...
Um abraço!

João Muller
Florianópolis/SC

rubens santos disse...

Adorei essa história, não conheço o disco vai vou baixar para conhecer.
Abraço

Mariano disse...

Adorei o relato sucinto sobre o seu primeiro trabalho e o consequente primeiro salário, que lhe proporcionou a compra do primeiro disco, donde nasceu a paixão pela música dos "The Ventures" e daí, é lógico, o seu gosto pela música no seu campo geral e o prazer em lidar com discos, de criar, de aperfeiçoar tudo o que faz nesse ramo, o que, aliás, você realiza com grande maestria. A minha história é semelhante à sua mas, deixemos isso pra lá. Essa é a sua história, ou melhor, um pequeno fragmento dela.Um abraço do amigo Mariano

neto disse...

Caro Bugrim,

Além de tudo, você é um grande escritor. Quanta sinceridade, quanta
beleza nesta narração. Remeteu-me aos "idos", "long ago". Nós, os pequenos, só podíamos compar os compactos simples, quando adquiríamos os duplos eram méritos por economizarmos nos lanches para ter a coleção de vinis e os gibis que ainda guardamos com muita satisfação.

Sugiro que você escreva mais sobre suas experiências, pois esta trouxe grande alegria das lembranças de um tempo de vida voltado a simplicidade.

Epaminondas J.S. Neto
Florianópolis/SC

Mazur Telles disse...

pessoas honestas sempre tem uma lição para compartilhar...Além de um ótimo blogueiro, tens a alma de um guerreiro.

oiregor disse...

A história de cada um é o que traduz a personalidade da pessoa.
Não comecei com 11 anos, mas com 13~14~15 anos de auxiliar de pintura (pintor de rodapé mesmo). Muitos acham que é mentira, pois sempre fui "nerd"... mas ser nerd não significa ter grana para ter acesso aos equipamentos eletronicos... pelo menos não na época (hoje é mais fácil).
Mas da mesma forma, comprei um LP: Queen - Greatest I.
Novamente aproveito a oportunidade para agradecê-lo pelo teu trabalho trazendo a todos (aos jovens e aos menos jovens) a alegria de (re)viver uma época que a música não era descartável, ou um simples consumível de rápida passagem pelas "paradas de sucesso".

Mariano disse...

Eu sempre lia o nome The Ventures nos catálogos de discos, mas nunca os havia ouvido. Resolvi baixar o arquivo só para não continuar na ignorância. Resultado: Não sei se foi por sugestão sua, mas gostei muito! O estilo deles é um pouco parecido com o do The Jones. Valeu. Um abraço, Luiz Alberto!

Miguel Angel disse...

Hola amigo Luiz,gracias por este cd de Los Ventures y uno de los mejores es El watusi.Saludos.

Wilson Paulino Kirschner disse...

PRECIOSIDADE !! TINHA 11 ANOS NA EPOCA !!! VERDADEIRO RUBI DO MARAJÁ !!!!!

Dyel disse...

Muito Boa esta Postagem!
Se O Amigo Bugrim(Ou Os Demais Frequentadores Deste Blog) Estiverem Interessados Em Ouvir Mais The Ventures Encontrei Um Blog Que Postou Recentemente TODA a Discografia Do Link: Eis Aqui o Link:
http://mreliminator.blogspot.com.br/2015/01/the-ventures-instrumental-overdose.html

Wilson Paulino Kirschner disse...

muito bom ! vou dar uma espiada!!

Ricardo Becker Maçaneiro disse...

Gostei muito da história!

Gê's disse...

Por isso vc é o homem que é! O trabalho faz o homem. Dar valor as pequenas coisas da vida é mais importante do que valorizar as grandes! Parabéns!!!

Voltaire Santos disse...

Parabéns, cara, não só pela tua aquisição, eu sei como é o valor sentimental de um objeto, pois também tenho vários... como também pelo teu trabalho, que é simplesmente magnífico, uma verdadeira obra de arte, pois através dele tu traz para a gente maravilhas que meio que se perderam no tempo, e eu tenho quase todos os lps que tu postou aqui, mas tenho o vinil... de tempos pra cá tenho buscado na internet lugares onde baixar os discos com as capas e as músicas e assim fazer a minha coleção particular digital, baseada na originalidade dos discos da minha coleção, e o teu trabalho me ajuda nisso, onde consigo acessar tantas belezas do teu acervo.
Agradeço de todo o coração tua bondade, pelo tempo que tu dedica a este trabalho, e sei que falo em nome de todos os que já acessaram e vivem acessando teu blog e também compartilhando de tanta nostalgia.
Muito obrigado, e que Deus te abençoe, ilumine e proteja tua vida e te faça sempre realizar teus projetos, como esse que tu disponibiliza aqui na internet.
Um grande abraço.